Intelli perde em casa e está fora da LPF

Nem mesmo a união da equipe orlandina impediu a eliminação precoce da LPF
  (Foto: Márcio Damião)
 
Foram quatro anos consecutivos na decisão da competição mais importante do estado de São Paulo, mas na tarde deste sábado (01), a AABB conseguiu quebrar a escrita e jogando em Orlândia, eliminou a ADC Intelli, na semifinal da Liga Paulista de Futsal, ao vencer a equipe orlandina por 7 a 5.
 
No primeiro jogo, em São Paulo, o time da capital já havia vencido os atuais campeões nacionais pelo placar de 7 a 3 e a Intelli entrou em quadra precisando da vitória para levar o jogo para o tempo extra e então atuar por um empate, intento que não foi possível, mesmo assim, a equipe do técnico Cidão deixou a quadra aplaudida, mostrando o reconhecimento do torcedor, que há quatro competições (Taça Brasil 2011, Campeonato do Interior 2011, Campeonato Paulista 2011 e Liga Futsal 2012) não via a equipe alvigrená fora das decisões.
 
A ADC Intelli voltará a atuar novamente no dia 11/12, no primeiro jogo da equipe orlandina na Taça Brasil Correios de Futsal, que acontece em Joinville (SC), de 10 a 16 de dezembro. A estreia é diante do Macaé/Botafogo (RJ), às 17h, no ginásio da Univille.
 
A AABB começa a decidir a LPF nesta segunda-feira (03), diante do Pinda, que eliminou o Corinthians na semifinal.

O jogo
Precisando da vitória para levar a partida para o tempo extra, a ADC Intelli iniciou a partida com um ritmo intenso. Para segurar o ímpeto intelliano a AABB cometeu três faltas, por sua vez, a equipe da casa mantinha a pressão e desperdiçou algumas chances de gol, mas quem marcou foi a AABB. Aos 15min, em uma jogada de contra ataque, Mello apareceu na ala direita e completou para o gol, derrubando o primeiro zero do placar, no único chute a gol dos visitantes até então.
 
Mesmo em desvantagem no placar a Intelli manteve o volume de jogo. No lance seguinte ao gol, em uma cobrança de escanteio, Falcão acertou um sem pulo e carimbou a trave do goleiro Bagé.
 
A pressão contra a meta abebeana continuava, os goleiros Lucas e Bagé se revezam em uma sequência de grandes defesas, até que aos 11min, em uma cobrança de falta pela esquerda, Mir aproveitou uma bola rebatida e empurrou para as redes, fazendo o segundo dos visitantes.
 
A Intelli voltou a ameaçar as pretensões da AABB nos sete minutos finais, na primeira grande chance Vinicius recebeu a bola no limite da área e na finalização foi travado. No lance seguinte, em uma triangulação perfeita de Junai, Vinicius e Deives a bola se perdeu na linha de fundo após a batida.
 
Restando cinco para o fim da primeira etapa, Vinicius driblou seu marcador na ala esquerda e tocou para Deives dentro da área, mas novamente a bola passou muito perto da trave e foi para fora.
 
A muralha do time da capital só foi ultrapassada aos 17min. Do lado esquerdo o fixo Junai tocou para Deives, que mesmo desequilibrado, mostrou porque é o artilheiro da competição e frontal ao gol empurrou a bola para as redes, vencendo finalmente o goleiro Bagé, 1 a 2.
 
Antes do fim da primeira etapa a Intelli teve outras duas chances de mexer no placar. Na primeira Jé voltou a acertar a trave de Bagé, faltando 50 segundos para o fim e no último lance, Mir, caído, interceptou a bola com a mão, parando a jogada da Intelli, mas a interpretação da arbitragem foi diferente, não marcando a falta, que seria a sexta da AABB e consequentemente, tiro livre direto.
No início da segunda etapa parecia que a sorte mudaria de lado.
 
Com apenas um minuto de bola rolando Caio empatou o jogo, mas com gols aos 28 e 30, marcados por Daniel Cearense e Cris, a AABB voltou a ficar na frente, 4 a 2.
 
Na metade da segunda etapa Cidão mandou Vinicius para quadra na função de goleiro linha, aos 31 a Intelli diminuiu, através de Caio, mas no minuto seguinte Cris recuperou uma bola no meio da quadra e tocou para o gol vazio, fazendo 5 a 3 para a AABB.
 
Na sequência, Victor e Mello marcaram o sexto e o sétimo da AABB, aos 35 e 36, praticamente selando a vitória. A Intelli ainda chegou a ameaçar a vitória adversária, ao fazer mais dois gols, aos 36min45 e aos 38, com Deives e Caio, mas não havia mais tempo para a virada e o placar de 7 a 5 prevaleceu.

Os campeões da Liga Futsal são recebidos com festa em Orlândia